Início Femme List Hedy Lamarr, de diva de Hollywood à gênia da tecnologia

Hedy Lamarr, de diva de Hollywood à gênia da tecnologia

Hedy Lamarr, ela está longe de ser SÓ mais um rostinho bonito. É isso mesmo, a austríaca, atriz de Hollywood, que fez sucesso em meados do Século 20 e foi considerada uma das mais belas do mundo.

Aos 18 anos foi se aventurar como atriz e estrelou o filme Êxtase, um filme bem polêmico produzido no ano de 1930 onde Hedy protagonizou o primeiro orgasmo feminino do cinema.

-- continua depois da publicidade --
-- continua depois da publicidade --
-- continua depois da publicidade --

14996465_1364811070209884_971882160_n

Nessa mesma época se casou, o que poderia ser o casamento dos sonhos, tornou-se um relacionamento abusivo.

Marido possessivo, que chegou a tentar destruir todas as cópias do filme Êxtase, não a deixou atuar em um único filme sequer enquanto estavam casados. O marido chegava a tranca-la em casa. 4 anos de um relacionamento abusivo e Hedy conseguiu fugir, em pouco tempo Hollywood tinha sua diva de volta.

15034402_1364811163543208_1771404052_o

Dona da seguinte frase: “Qualquer garota pode ser glamorosa, basta ficar quietinha e parecer burra”, para nossa sorte, foi agraciada com o dom da inventividade, vindo a se tornar uma gênia da tecnologia.

Mas espera aí, que tecnologia? Uma bem simples aí, que a gente quase não usa: a dos telefones celulares. rsrs É isso mesmo, em 1940 junto com o compositor George, descobriu uma forma de enviar mensagens via ondas de rádio sem que houvesse interceptação externa. Tudo isso para ajudar as tropas americanas e aliadas a trocarem informações sem que fossem descobertos pelos nazistas.

De acordo com o site MdeMulher, o estalo genial ocorreu quando eles tocavam uma música em dueto no piano. Ela reproduzia as notas dele em uma outra escala e os dois perceberam que, quando os sinais saltavam de uma frequência para a outra, era impossível captar o código sem saber a variação que estava sendo utilizada.

14997185_1364811583543166_610888164_n

Resumindo: duas pessoas precisam sincronizar a frequência de transmissão para que enviem mensagem entre si e, ao trocarem várias vezes de frequência coordenadamente, é impossível que terceiros consigam capturar a mensagem em questão.

Na época, Hedy e George usaram 88 frequências distintas e a sincronização de transmissão também foi ajustada com base no piano, utilizando uma estrutura inspirada num rolo do instrumento.

15049702_1364811116876546_276548245_n

Depois disso, a descoberta realizada por Hedy e George virou base para a tecnologia da qual todos nós desfrutamos hoje. Além de tornar possível a comunicação via telefones celulares, o salto de frequência também é utilizado nas redes wireless e no GPS.

Leticiaruiva

 

 

 

*  Leticia Menezes, leonina,  advogada e amante das palavras.
    Tem paixão por moda, seriados e um bom café.

COMPARTILHE