Início Geral Saiba onde ganhar mais créditos com a mudança na Nota Fiscal Paulista

Saiba onde ganhar mais créditos com a mudança na Nota Fiscal Paulista

26Os estabelecimentos que mais geravam créditos, como restaurantes e lojas de roupas, agora devolvem menos da metade dos benefícios, com as mudanças no programa feitas ano passado.

 

-- continua depois da publicidade --

 

 

Antes, havia um percentual fixo de devolução de créditos para os consumidores de 20%. Agora, os percentuais variam entre 5% e 30%, conforme o setor do estabelecimento.

Os lugares que mais geram créditos, com devolução de 30%, são bancas de jornais e revistas, livrarias, peixarias e açougues. Restaurantes devolvem apenas 10% dos créditos, e lojas de roupas, somente 5%.

Segundo a Secretaria da Fazenda, o objetivo das mudanças é estimular determinados setores da economia. Além disso, com as novas regras da Nota Fiscal Paulista, os consumidores que pedem CPF na nota recebem apenas 40% dos créditos distribuídos pelo programa. Os 60% restantes são distribuídos para entidades assistenciais.

A seguir, veja os lugares que mais geram créditos na Nota Fiscal Paulista com a mudança no programa, e os estabelecimentos que menos devolvem benefícios:

Devolução de 30%

Bancas de jornais e revistas, livrarias, peixarias e açougues.

Devolução de 20%

Lojas de antiguidades, homeopatia, motocicletas, discos e DVDs, gás, lubrificantes, relógios, objetos de arte, instrumentos musicais, conveniência, materiais de construção, vidros, artigos fotográficos, caça e pesca, equipamentos de telefonia, bijuterias e cartuchos para equipamentos de informática.

Devolução de 10%

Lanchonetes, casas de chá e de sucos, restaurantes, padarias, lojas de doces, fruteiras, bares, serviços de alimentação para eventos, lojas de laticínios e frios, lojas de bebidas e serviços ambulantes de alimentação.

Devolução de 5%

Lojas de carros, lojas de tintas, floriculturas, petshops, lojas de artigos de iluminação, supermercados, lojas de produtos para casa, farmácias, lojas de brinquedos, lojas de eletrodomésticos, joalherias e lojas de calçados e roupas, entre outras.

Sem devolução de crédito

Tabacarias, lojas de fogos de artifício e lojas de armas.

COMPARTILHE