Início Zona Norte O Novo Paço Municipal de Fernandópolis e a antiga Rodoviária

O Novo Paço Municipal de Fernandópolis e a antiga Rodoviária

O atual estacionamento do Terminal Rodoviário Antonio Nossa, inaugurado na gestão do ex-prefeito Newton Camargo de Freitas, dará lugar ao novo Terminal de Passageiros de Fernandópolis.

O projeto da Prefeitura é transformar o local onde existe o “Bar da Pedra” em um novo Terminal, totalmente moderno e compacto, já que o uso de ônibus vem caindo consideravelmente ao longo dos anos.

-- continua depois da publicidade --

O novo Terminal abrigará modernas lojas, banheiros, salas administrativas e seis plataformas de embarque. A entrada principal será pela avenida Ângelo Del Grossi, com uma arquitetura de primeiro mundo, com espaço para estacionamento e ponto de táxi e já há a especulação que uma famosa franquia de fast food aguarda para a instalação na cidade em um dos boxes que serão abertos

No antigo Terminal, a atual administração pretende transferir o novo Paço Municipal que deixará o prédio na rua Bahia, no centro da cidade. O local abrigará todas as secretárias e postos de serviços a população, evitando o gasto com alugueis de prédios particulares, reduzindo o custo e melhorando o atendimento ao munícipe.

ECONOMIA

A Prefeitura pretende economizar no uso de veículos que evitariam deslocamentos em determinadas secretária, também evitando o casto excessivo com combustíveis. Com isso a região do bairro Jardim Santa Rita abrigará a Prefeitura, Câmara Municipal, Tribunal de Contas, Forum, OAB, Delegacias e o futuro prédio do Ministério do Trabalho.

Atualmente o custo de alugueis, transporte, luz, internet entre as secretarias gira em torno de R$ 60 mil mensais aos cofres públicos.

O valor do investimento deve ficará na casa dos R$ 5 milhões, por meio de um convênio com a Caixa Ecônomica Federal Apenas 24 cidades conseguiram o financiamento. Já o prédio do atual Paço (avaliado em R4 8 milhões) aplacaria parte das dividas do IPREM, o instituto de previdência municipal que caminha com uma divida galopante há várias gestões. Com essa economia e rentabilidade da nova rodoviária, ficará fácil o pagamento do empréstimo.

Ainda não está definida a data de abertura para a licitação, mas o projeto para a liberação do convenio será votada hoje na Câmara. Segundo apurou o 4Cantos, o projeto possui aprovação da maioria da Câmara .

 

 

COMPARTILHE