Início Vizinhos Na região, policiais prendem bandidos disfarçados de policiais que roubavam traficantes

Na região, policiais prendem bandidos disfarçados de policiais que roubavam traficantes

Dois homens armados com pistolas – um deles com um distintivo pendurado no pescoço – e um terceiro, em um Gol branco, dando cobertura, abordam três moradores na Rua 7, no bairro João Paulo II, em São José do Rio Preto. O local é um conhecido ponto de venda de drogas da região. Trata-se de uma ação policial, certo?

 Foi o que pensou o tenente Danilo Nunes, da Polícia Militar, quando viu a cena. E prontificou-se a ajudar seus “colegas” com sua equipe. “A nossa intenção era dar apoio aos policiais, mas eu estranhei porque não reconheci nenhum dos três”, disse o tenente .

A farsa começou a ser desfeita quando, com a chegada dos PMs, o motorista do Gol branco acelerou e tentou fugir, abandonando os comparsas. Acabou sendo alcançado pelos policiais de verdade alguns quarteirões adiante. Quando reunidos, os três admitiram que eram vigilantes e se passavam por policiais para abordar bandidos e apreender drogas. Porções de drogas foram encontradas em poder dos três, provavelmente o fruto das falsas apreensões.

Havia até uma sirene similar a das viaturas da polícia no Gol branco. Mas não só. Os PMs também encontraram no carro um revólver calibre 22 com numeração raspada, seis cartuchos, quatro celulares, dois coldres, um par de algemas, um cassetete e um rádio comunicador. Também foram apreendidas três pistolas de brinquedo, duas delas usadas pelos policiais na abordagem aos moradores, que, segundo a PM, eram menores de idade e atuavam no tráfico de drogas.
-- continua depois da publicidade --

Os três vigilantes foram presos em flagrante e serão denunciados por tráfico de drogas, posse ilegal de arma e crime de usurpação de função pública. Estão presos no Centro de Detenção Pública.

COMPARTILHE