Início Zona Leste FAKE NEWS: Notícia sobre churrasco de cachorro em Fernandópolis é falsa

FAKE NEWS: Notícia sobre churrasco de cachorro em Fernandópolis é falsa

Uma notícia plantada nos últimos dias está prejudicando um pequeno comercio no Jardim Ipanema, periferia da cidade. A proprietária do açougue chegou a ser hostilizada por pessoas que acreditaram que no local, cachorros eram abatidos, picados e vendidos como espetinho.

A notícia falsa rapidamente ganhou as redes sociais, atingindo um numero expressivos de internautas em toda a região. O criador do fake, além de mencionar que a polícia havia prendido pessoas, ainda publicou fotos dos animais abatidos, além de usar o nome do portal regiaonoroeste nas divulgações.

-- continua depois da publicidade --

A direção do portal confirmou que não produziu e tão pouco autorizou o uso do portal nas mensagens falsas enviadas via whatsapp.

A divulgação pode caracterizar crime, dependendo da interpretação judicial e os prejuízos causados ao caluniado.

 

AS IMAGENS

As imagens usadas para espalhar essa fake news sequer são daqui do Brasil! Alguém juntou algumas fotos de notícias diferentes para criar esse boato digital.

A fotografia mostrando vários cachorros brancos pendurados pelo focinho é de 2013, tirada no Vietnã.

Já a foto de uma grande quantidade de carne espalhada sobre um plástico azul no chão já era antiga em 2017, quando um boato circulou na Índia. Na ocasião, o que se espalhou era que uma grande rede de restaurantes estaria vendendo carne de cachorro na cidade indiana de Hyderabad.

A foto de um cachorro pendurado pelo pescoço e com o corpo sem o pêlo circula pela web desde 2015 e não tem nenhuma relação com o Brasil. A polícia investigava se essas imagens teriam surgido em Singapura.

Conclusão

A notícia afirmando que uma mulher teria sido presa em alguma cidade do Brasil por vender churrasquinho de carne de cachorro é falsa!

COMPARTILHE