Início Zona Oeste Exposição de Imagens e Documentos Históricos, conta um pedaço da historia de...

Exposição de Imagens e Documentos Históricos, conta um pedaço da historia de Fernandópolis

Na manhã desta quarta-feira, 31, a escola Carlos Barozzi recepcionou autoridades, convidados, alunos e familiares do fundador do bairro, “Carlos Barozzi”, que participaram da cerimônia de abertura da ‘Exposição de Imagens e Documentos Históricos – Brasilândia, 80 anos! Dos primórdios à União’.

Na oportunidade, os convidados acompanharam um relato histórico da fundação do bairro, explanando detalhes e curiosidades pouco conhecidas pelos munícipes e que fazem parte da construção e desenvolvimento de Fernandópolis.

-- continua depois da publicidade --

O prefeito André Pessuto fez questão de acompanhar o evento e falar sobre sua importância, em especial para as novas gerações. “Precisamos de cultura, educação e reconhecer as pessoas que ajudaram a construir as nossas vidas. Um povo que não valoriza a educação e não conhece sua história é um povo sem futuro, por isso é fundamental que todas as crianças, adolescentes e jovens visitem essa exposição e conheçam com detalhes o início da nossa cidade e o quanto seus fundadores lutaram por essa terra”, explanou.

Representando a família Barozzi, suas netas Maria Eunice Trovate, Miriam Trovate Ribeiro e a bisneta Denise Barozzi, também participaram da solenidade, emocionadas pela homenagem. “Esse é um importante resgate da minha história, das minhas raízes. Meu bisavô acolheu as pessoas, deu início à cidade que hoje vivemos. Vejo esse reconhecimento a ele com orgulho e fico muito agradecida”, comentou Denise.

Para Jesiel Bruzadelli Macedo, coordenador da equipe de pesquisa, a exposição apresenta valores, mostrando o quanto devemos aos nossos antepassados. “Esse projeto é um reconhecimento do trabalho, da força e dedicação das pessoas que construíram nosso município, convidamos toda população para que prestigie e conheça mais a história de nossa querida Fernandópolis”, convidou Jesiel.

Serviço:

A exposição segue até o dia 07/11 na escola, em seguida será instalada na sede da Paróquia São Luiz Gonzaga, também na Brasilândia.

COMPARTILHE