Início Zona Sul Estudante de Fernandópolis teria dados sinais antes de se matar

Estudante de Fernandópolis teria dados sinais antes de se matar

Uma estudante de 16 anos foi encontrada morta na tarde desta terça-feira no bairro Jardim pôr do sol em Fernandópolis. Ariane Lopes de Oliveira encontrada por familiares enforcada na varanda na residência onde morava. Ela havia se matriculado recentemente na escola Joaquim Antonio Pereira – JAP –

Não houve tempo para nenhum tipo de socorro, a garota já estava morta quando foi encontrada.

-- continua depois da publicidade --

O caso da morte de Ariane será investigado pela polícia que terá principalmente, os perfis da estudante nas redes sociais analisado. Já que suas postagens já denunciavam sinais contínuos de depressão.

Já o boato que corre pelas redes sociais de que a garota participaria de um desafio proposto na internet foi completamente descartado pelas autoridades.

SINAIS

Casos como de Ariane tornam-se comuns e frequentes pelo país onde diversas pistas sobre a condição mental das vítimas acabou sendo postadas em suas redes. Alguns jovens usam as redes sociais para colocar mensagens subliminares, dando sinais do seu sofrimento, mas as pessoas que estão em volta não se dão conta.

É inevitável trazer para o centro da discussão o cenário da sociedade atual, que apresenta famílias afastadas e relações rasas para tentar entender o contexto desses dados.

Frases como “minha vida não tem mais sentido”, “quero sumir” ou “não aguento mais viver”, verbalizadas ou postadas nas redes sociais, devem ser levadas a sério, pois indicam uma possível ideação suicida.

Segundo especialistas, é importante que a família não ignore os alertas dados pelos jovens sobre o seu estado de sofrimento, pois, na maioria dos casos, é possível evitar o suicídio após a divulgação da mensagem.

 

COMPARTILHE