Início Geral Deputados brasileiros reconhecem importância de pesquisas sobre a TERRA PLANA

Deputados brasileiros reconhecem importância de pesquisas sobre a TERRA PLANA

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso Do Sul homenageou nesta terça-feira (3) o pesquisador Urandir Fernandes de Oliveira, que coordena a equipe do Dakila Pesquisas, em Corguinho, MS, e defende a teoria de que a Terra seria plana, ou “convexa”, e não redonda, como se aprende na escola.

A moção de congratulação concedida ao pesquisador foi proposta pelo presidente da AL de MS, Junior Mochi (MDB) e pelo deputado Dr. Paulo Siufi (MDB). A proposta foi aprovada por unanimidade pelos parlamentares sul-mato-grossenses.

REPÚDIO

Carta de repúdio de professores do INFI-UFMS com a falta de clareza da Moção de Congratulação da Assembléia Legislativa-MS ao cidadão que afirma que a Terra é convexa

-- continua depois da publicidade --

“Se, por interesse político, a AL-MS desejasse homenagear o cidadão Urandir Fernandes de Oliveira, que o fizesse por razões que não fossem a pesquisa científica e o conhecimento divulgado por esta pessoa. E deixasse bem claro isso na notícia veiculada pela AL-MS. É uma afronta aos outros homenageados pela AL-MS.

Não se espera que os políticos tenham conhecimento profundo para analisar todos os temas que estão fora do seu projeto político, como é o caso de questões científicas específicas. Mas espera-se de todos os representantes políticos do povo de MS, inclusive destes, que tenham o bom senso de conversar com especialistas das universidades públicas sobre temas científicos controversos defendidos por auto-especialistas. Bastaria que o deputado Mochi e o deputado Siufi pedissem a um de seus inúmeros auxiliares que pesquisassem na internet sobre o formato da Terra e descobririam que a pretensa proposta do cidadão Urandir é completamente sem sentido.

Fatos como esse provocam ainda mais descrédito da classe política, e provoca descrédito da sociedade de MS perante outros estados do Brasil.”

MÁ FÉ APOIADA PELA POLITICA

Urandir já foi preso. Sua prisão provisória foi decretada pela juíza de plantão e cumprida pelos policiais da 17ª Delegacia de Polícia Distrital daquela cidade. Pesam contra ele inúmeras acusações, entre elas as de curandeirismo, charlatanismo, estelionato e falsidade ideológica.

Segundo os autos da policia, Urandir alega aberta e descaradamente ter poderes especiais, a ele conferidos por seres extraterrestres, para atrair naves e fazê-las pousar em sua propriedade em Corguinho, município a 70 km de Campo Grande (MS).

“(…)É lá que funciona seu projeto e onde se situa a imaginária Cidade dos ETs. Suas alegações, no entanto, não encontram o mínimo respaldo na realidade, já que jamais ele teria realmente conseguido o feito diante de pessoas que tivessem capacidade de distinguir o efetivo pouso de uma nave alienígena de manobras com canetas a laser e faróis de milha, instrumentos que ele e seus funcionários utilizam – entre outros – para iludir as dezenas de milhares de pessoas que o procuram. É esse expediente que Urandir usa para atrair a atenção de seus seguidores e entusiasmá-los a adquirir os lotes ilegais”

COMPARTILHE