Início Vizinhos Acusado de não atender rapaz autista, cantor Bruno se Justifica e disse...

Acusado de não atender rapaz autista, cantor Bruno se Justifica e disse que voltará a região

O cantor Bruno, da dupla sertaneja Bruno e Marrone, foi acusado de não atender um jovem portador de autismo no camarim da FACIP, em Jales, na sexta-feira, 20. Segundo relatos, Bruno se negou a atender o jovem de 27 anos, residente em Vitória Brasil. O fato gerou repercussão nacional, o que fez com que o cantor divulgasse em suas redes sociais manhã desta quarta-feira, 25, um vídeo explicando os acontecimentos.

Alguns fãs usaram a página oficial de Bruno e Marrone no Facebook, para criticar a dupla.  Com 8 milhões de internautas. mas até agora não houve nenhum posicionamento sobre esta situação. O cantor ainda desmentiu a situação e disse que estará de volta a cidade de Jales para um show beneficente em breve.

ASSISTA

-- continua depois da publicidade --

Quem também se pronunciou sobre o assunto foi Thiago Correa, membro da produção da dupla, que culpou a imprensa local pela repercussão negativa sobre o assunto.

CONFIRA TRECHO DA NOTA

“Neste evento de Jales, o Bruno saiu do palco e foi direto para o carro pois já começava a se aglomerar algumas pessoas no entorno dos camarins (o Bruno não sabia sobre o atendimento a este menino) partindo para Votuporanga onde estavam hospedados. O Marrone por sua vez, desceu do palco e foi ao banheiro, neste momento consegui lhe contar sobre o menino. O Marrone prontamente o atendeu tirando foto e inclusive gravando vídeo”.    Em outro trecho da nota, Correa se indigna e aponta a promoção pessoal como motivo para a divulgação do tema. “Agora eu me pergunto, será que é preciso usar a deficiência de outra pessoa para se promover? Quem será o deficiente da história?”.

COMPARTILHE