Início Saladera A cor dos pelos revela nível de agressividade dos gatos

A cor dos pelos revela nível de agressividade dos gatos

Os gatos são animais de muita personalidade, sabem bem o que querem e como fazer para convencer seus donos, mas, apesar da maior parte ser pacífica, alguns desenvolvem comportamentos completamente agressivos.

Uma investigação científica revelou que o nível e a intensidade desses tipos de comportamentos podem estar relacionados com a cor dos pelos dos gatos e concluíram quais são mais predispostos a serem mais selvagens: os que tem pelos brancos misturados com pretos, cinzas e marrons.

Mais que uma coincidência

-- continua depois da publicidade --

Existem algumas raças de pets mais perigosas do que outras, mas entre os gatos não existe algo definitivo que permita englobá-los em grupos e ter certeza sobre quais podem ser acariciados. Os cientistas da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, realizaram um estudo para determinar se a aparência de um gato realmente guarda informações sobre seu comportamento e submeteram os animais a uma série de experimentos.

PESQUISA

A pesquisa, publicada no Journal of Applied Animal Welfare Science, fez testes com 1274 gatos domésticos e seus donos, medindo seu nível de agressividade em diferentes situações para concluir que as cores revelam a agressividade dos bichos.

Os gatos mais mansos, segundo o estudo, são os de cores preta, cinza, branco e rajados. Os que demonstraram maior quantidade de comportamentos agressivos foram aqueles com tons de pelos branco com preto, cinza com branco, e marrom com branco.

Os pesquisadores acreditam que a maior agressividade em gatos que não são de uma cor só podem ter origem em modificações genéticas que ocorreram com amistura de raças em milhares de anos.

Mas isto não significa que, se seu gato é preto, quer dizer que ele vai ser obrigatoriamente tranquilo, e que um gato cinza e branco se transforme num assassino de vez em quando. Trata-se de uma observação estatística, e também está relacionada com uma série de outros fatores, como o ambiente em que estes animais vivem.

Fonte:

vix

 

 

 

 

****LEITURA RECOMENDADA POR:

Casa das rações

COMPARTILHE