Início Zona Sul TUK TUK – Rápido, Seguro, Barato e uma das melhores opções de...

TUK TUK – Rápido, Seguro, Barato e uma das melhores opções de transporte de Fernandópolis

Jpeg

Com certeza você já viu aquelas cabines amarelas para cima e para baixo nas ruas de Fernandópolis. Trata-se de uma boa ideia para o transporte individual/coletivo trazida para cá. Empresários de Fernandópolis têm disponibilizado um meio de transporte diferente para oferecer aos clientes: o tuk tuk.

Passeios turísticos e locomoção são feitos com o veículo, feito a partir de uma motocicleta acoplada a uma cabine com banco acolchoado, para até dois passageiros.

-- continua depois da publicidade --

Passageiros usam cinto de segurança durante todo o trajeto obrigatoriamente. O meio de transporte alcança a velocidade máxima de 40 quilômetros por hora, para não perder a estabilidade. As cabines da empresa MAIS Transporte Seguro, oferecem até um roteador com modem para acesso à internet durante as corridas, proteção contra chuva e pagamento em cartão de crédito ou débito.

 

UMA IDEIA EM CONTA

 

Os sócios Cicero De Souza e Flaviano Henrique investiram R$ 50 mil – entre equipamentos e documentação de segurança –  para incluir o serviço de tuk tuk para garantir a mobilidade e segurança dos fernandopolenses a um preço que difere dos serviços de táxi, – cujas corridas taxadas e sem taxímetro custam em torno de R$ 25 para qualquer parte da cidade – e mototaxi – onde as corridas, embora baratas não garantem a seguridade necessária para pessoas especiais ou com problemas de locomoção.

 “Nosso serviço já está completamente legalizado dentro das normas de trânsito de Fernandópolis. Nossas corridas são seguras, rápidas e com o maior conforto possível. Inclusive, temos clientes especiais que fazem o trajeto até a Santa Casa, Postinhos e até o Lucy Montoro/AME ”, explica Cicero de Souza.

 

PARCERIAS

O serviço hoje pretende formar parcerias com bares e restaurantes ou clinicas de Fernandópolis que tentam se adaptar as blitzes da lei seca, que já anunciaram serem constantes na cidade, além de clinicas e consultórios cujas consultas de pacientes são periódicas.

“Minha filha, portadora de Síndrome de Down faz o trajeto semanalmente para tratamento do AME e Lucy Montoro através do Tuk tuK, sozinha. Contratamos o serviço mensalmente, que além da segurança e comodidade, garante que ela vá se divertindo”, diz a professora aposentada Regina Déa.

 

 

 

 

 

COMPARTILHE