Início Zona Oeste O Trânsito de Fernandópolis em constante mutação

O Trânsito de Fernandópolis em constante mutação

A superintendência de Trânsito de Fernandópolis analisa e coloca em pratica diversas ações periodicamente, a fim de equalizar os problemas de trafego que a cidade vem encarando com o crescimento da frota de automóveis dos últimos anos.

QUESTÃO CULTURAL

O departamento de Trânsito de Fernandópolis vem fazendo um novo estudo sobre a localização dos semáforos instalados na cidade. Algumas mudanças já foram anunciadas e devem ser oficializadas nas próximas semanas.

-- continua depois da publicidade --
-- continua depois da publicidade --
-- continua depois da publicidade --

Ederson José da Silva, superintendente de trânsito na cidade lembrou o setor trânsito envolve uma série de questões sociais, tratando se inclusive de culturais, afinal qualquer alteração em vias de trafego acaba alterando rotinas de motoristas acostumados a terem seus caminhos já traçados ou mesmo mantendo uma rotina de pequenas infrações, quando as autuações não eram frequentes. Para ele é uma questão de tempo para qualquer adaptação.

Sobre as rotatórias, algo de constante reclamação dos motoristas, Ederson deixa claro que é uma questão técnica e barata para redução e disciplina de velocidade de algumas vias. “É natural que os motoristas estranhem a mudança com a introdução das rotatórias, pois estavam acostumados ha anos a realizarem seus trajetos, mas a cidade cresceu, a frota também, por isso é preciso aplicar estudos técnicos regularmente e se necessário implantar redutores e disciplinadores de trafego em certos pontos”.

MUDANÇAS DE VIA

Após análise técnica do fluxo de pedestres e veículos em algumas vias de Fernandópolis, a Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte definiu a mudança para mão única em três pontos na área urbana do município.

“Nossa intenção com essas alterações é garantir a segurança tanto dos pedestres como dos motoristas que trafegam por estas vias. Surgiram vários bairros novos em nossa cidade, o que aumentou o fluxo de veículos, esse é um dos motivos das mudanças. Nosso objetivo é evitar acidentes nestes pontos e garantir tranquilidade aos moradores”, destacou o secretário municipal de Trânsito, Ederson José da Silva.

As alterações são nos seguintes locais: avenida Sebastião Cequini, da rua Mário Benez com sentido único para a rua Pernambuco; Avenida Presidente Costa e Silva (Av.19), da rua Pernambuco para a avenida Líbero de Almeida Silvares; e Travessa Isaura Ferreira da Cruz, da avenida Wilson Inácio Freitas de Paula para a rua Simão Santos Gomes.

PACOTÃO DO TRÂNSITO

De autoria do Vereador Murilo Jacob, indicando ao Prefeito Municipal, as devidas providências no sentido de viabilizar, por meio do departamento competente, a execução de obras e serviços no sistema viário urbano, a saber: fechamento do canteiro central da Avenida Expedicionários Brasileiros, no cruzamento com a Avenida Belo Horizonte; retirada da rotatória localizada na Avenida Augusto Cavalin, na confluência com a Avenida Valério Angeluci e fechamento do canteiro central; redimensionamento da rotatória localizada na Avenida Expedicionários Brasileiros, no cruzamento com a Avenida Luiz Brambati, e da rotatória localizada na Avenida Augusto Cavalin, no cruzamento com a Avenida Litério Grecco, diminuindo suas circunferências e instalando dispositivos de sinalização de orientação do tráfego.

COMPARTILHE