Início Zona Oeste Em temporada de REFIS, porque os que mais devem em Fernandópolis ainda...

Em temporada de REFIS, porque os que mais devem em Fernandópolis ainda não se manifestaram?

Os contribuintes de Fernandópolis têm mais 10 dias pela frente para quitar dívidas com a prefeitura com desconto de 100% de juros e multas. O prazo do Refis – Programa de Recuperação Fiscal – termina no dia 25.

De acordo com levantamento divulgado pela Secretaria da Fazenda, e publicado nesta edição do jornal CIDADÃO,  até a última semana, a prefeitura  havia recuperado R$ 776,5 mil em impostos atrasados. Esse valor corresponde a quase 3% do total da dívida ativa estocada,  já descontado juros e multas. Na prefeitura há expectativa de maior arrecadação nos próximos dias. A aposta é no hábito brasileiro de se deixar tudo para a última hora.
No projeto que encaminhou à Câmara pedindo a autorização para implantação do programa de Recuperação Fiscal, a prefeitura apontou uma dívida ativa não prescrita de R$ 54,6 milhões. Desse montante, R$ 25,4 milhões era composto de juros e multas. Se todos os contribuintes decidissem pagar as dívidas, a arrecadação chegaria a R$ 29,2 milhões.

QUEM DEVE

-- continua depois da publicidade --
-- continua depois da publicidade --
-- continua depois da publicidade --

Enquanto o município tenta receber essas dividas através do REFiS, duas listas com os 100 maiores devedores do município de Fernandópolis – divididos entre pessoas físicas e jurídicas (empresas) – segue em “analise” somente entre dois vereadores de Fernandópolis. Algumas dessas dividas, principalmente de empresas podem estar próximas de “caducarem”, mas não há qualquer tipo de informação por parte dos vereadores, se cobrarão ou não a prefeitura, sobre providenciar a execução das mesmas.

PAGAMENTO

O pagamento dos débitos, nos termos do Refis, será somente para pagamento em cota única à vista e terá 100% de desconto de multa e juros de débitos referentes a taxas, ITU e IPTU, por exemplo.  O pagamento deverá ser feito exclusivamente no posto bancário do Poupatempo

COMPARTILHE