Início Geral Isso é oque a maconha faz com as pessoas…

Isso é oque a maconha faz com as pessoas…

Um vídeo de um homem usando maconha medicinal para aliviar os sintomas do Parkinson viralizou na internet e mais de 39 milhões de pessoas já o viram.

O paciente que tremia, tinha dificuldade de locomoção e fala, aplica algumas gotas de óleo de cannabis embaixo da língua e em minutos seus sintomas são aliviados. A eficácia e rapidez com que o produto funcionou despertou curiosidade se a droga é tão eficaz quanto parece.

-- continua depois da publicidade --
-- continua depois da publicidade --
-- continua depois da publicidade --

 

 

A gravação acima mostra Larry Smith, um homem que vive com o mal de Parkinson há 20 anos. Após esgotar os métodos convencionais de tratamento –até mesmo cirurgia no cérebro-, Smith tentou pela primeira vez usar a maconha medicinal como alternativa. A história do americano vai virar um documentário, mostrando a superação e a participação de Larry em uma corrida de bicicleta.

 

POR AQUI

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou o registro do primeiro remédio à base de maconha (Cannabis sativa) no Brasil. Trata-se do Mevatyl, indicado para o tratamento de espasticidade –rigidez excessiva dos músculos– relacionada à esclerose múltipla.

Claro, há barreiras ainda muito retrógradas para tratar do tema. A falta de informação leva a distorções quanto ao uso medicinal da maconha. “São preconceitos. Não só da doença, mas do tratamento. Não só com a epilepsia, mas com a esclerose múltipla. Existem questões de patentes, de laboratório. E imagine que uma planta serve para tudo isso. É o motivo suficiente para as grandes empresas começarem as brigas.

O debate sobre a posse de drogas para consumo próprio segue travado no Supremo Tribunal Federal (STF) desde setembro do ano passado. Após pedido de vista – algo como um tempo extra para analisar o caso pessoalmente – de Teori Zavascki, o processo foi paralisado. Naquela altura eram três votos favoráveis para que o porte de drogas para uso pessoal deixasse de ser crime no País.

COMPARTILHE