Início PARABÓLICA PARABÓLICA – Seu Resumo semanal de noticias de Fernandópolis e região –...

PARABÓLICA – Seu Resumo semanal de noticias de Fernandópolis e região – De 03 à 09 de SETEMBRO – 2017

REPERCUTIU

Dois eventos marcaram o feriado e a última semana em Fernandópolis. O primeiro reuniu autoridades políticos e parte da sociedade civil organizada para o desfile cívico de sete de setembro. O outro reuniu a comunidade alternativa e diversos artistas da região na edição de 2017 do festival meu nome é João bandas e artistas de toda a região reuniram-se no shopping center Fernandópolis um dia após o feriado as fotos

Você pode conferir nossa rede social

-- continua depois da publicidade --

AQUI

 A TAL CAIXA PRETA

A vereadora Maiza Rio decidiu botar a mão na cumbuca da Santa Casa de vez. Agendado para próxima sessão da Câmara a vereadora deve questionar e voltar a exigir do novo gestor o balanço das contas do ano de 1998 em diante, além de todas as transações feitas pelos provedores. Compra, venda e emendas recebidas naquela época estão dentro do pedido da vereadora. A famosa caixa preta da Santa Casa, Maísa quer aberta de vez e ainda alega que mesmo com as coisas entrando nos eixos, qualquer falta não deve ser “perdoada”

MAIORES GERADORES

Maiza ainda vai além. Seu pedido especifica quais foram os fatores geradores da atual dívida da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia e quais foram os que mais contribuíram para a evolução desse montante, informando se houve algum estudo técnico com relação a esses fatores geradores da dívida. Os antigos provedores deverão dar maiores explicações a vereadora

 

RESPONSA

O suplente de vereador que assumiu o cargo nesta semana Júlio Barbeiro sebinho será o relator no parecer do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo que apontou algumas deficiências nas contas da prefeita Ana Bim de 2014. Júlio substitui o vereador João Pedro, que alegando uma promessa de campanha cedeu o seu lugar durante um mês ao suplente.

AQUELA PULGA CONTINUA ALI

Por mais estranho que possa parecer, a ausência de João Pedro que trabalhou na base aliada da ex-prefeita Ana Bim nas nas últimas eleições é um grande déficit para as análises de contabilidade apontadas pelo Tribunal, já que JP é expert em economia e analises tributarias e vem deixar na mão do novato a responsabilidade por rejeitar ou não as contas da ex-prefeita.

OUTRA CHANCE

Outra discussão que aconteceu nessa semana foi a segunda prorrogação do refinanciamento das contas do município de Fernandópolis. O Refis que terminou no último dia de agosto deve ser prorrogado por mais um mês, na tentativa de conter os rombos da dívida pública que giram em torno de R$ 52 milhões. Pessoas físicas e empresas que estão devendo os tributos municipais ainda terão uma breve chance de acertar em sem juros suas dívidas antes de serem protestados pela justiça

A TAL LISTA?

O único questionamento que circula nesse momento é saber se a lista com as empresas que mais devem o município serão ou não protestadas durante a temporada de inadimplência. A lista segue com os vereadores João Pedro e Zarola desde o mês de março sem ninguém saber quais os nomes que por lá estão. Algumas dívidas de empresas poderão caducar em breve.

MAIS ATUANTE?

O vereador Cidinho do Paraiso, foi eleito, através de uma pesquisa telefônica, como os vereadores mais atuantes de Fernandópolis. Isso tudo durante um ano em que Câmara praticamente morno em ambos os poderes. Sem nenhum projeto de relevância social, o prêmio foi destacado ao vereador que obteve mais votos na última eleição.

POVÃO NEM AÍ 

A presença e participação popular dentro do cenário politico de Fernandópolis também gera um certo desconforto quanto as escolhas, pois como saber qual politico mais atua se a população não tem as atenções voltadas a Câmara? Gestão passada também se discutiu as banalizações das homenagens prestadas dentro do Palácio 22 de Maio, onde em episódios recentes, até mesmo alguns homenageados se recusaram a receber as honrarias, devido a falta de metodologia e politicagem ligadas as escolhas. Sem questionar a honraria mas deixando dúvidas sobre a metodologia aplicada para a escolha o tal instituto, as redes sociais não perdoaram o tal prêmio.

 

 

 

 

COMPARTILHE