Início Zona Norte Médico de Fernandópolis pode ser preso a qualquer momento após decisão do...

Médico de Fernandópolis pode ser preso a qualquer momento após decisão do TJ

O ex-presidente da Unimed e médico oftalmologista, Jarbas Alves Teixeira, pode ser preso a qualquer momento após uma decisão da 7ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça do estado de São Paulo que negou os embargos de declaração interpostos pela defesa.

Jarbas e a esposa Sueli Longo Teixeira foram condenados em primeira instância as penas de oito anos e dez meses e dez anos e oito meses de prisão, acusados de participação ma tentativa de homicídio do médico, Orlando Cândido Rosa, na noite do dia 12 de junho de 2013.

-- continua depois da publicidade --

Na época a Polícia Civil prendeu o Ronaldo Henrique Mota Barbuglio e Rodrigo Marcos Sampaio após conversas telefônicas mencionando sobre o crime. Ronaldo que era motorista particular de Jarbas foi o mentor da tentativa de assassinar Orlando Rosa.

O TJ manteve a decisão de 1ª instância proferida pelo juiz da 2ª Vara Criminal de Fernandópolis, Vinicius Castrequini Bufulin. Aos negar embargos de declaração interpostos pela defesa, o TJ comunicou a Justiça de Fernandópolis que poderá determinar o recolhimento de Jarbas a qualquer momento.

Rodrigo foi condenado a 17,6 anos e Ronaldo 20 anos de prisão.

Fonte:

COMPARTILHE