Início Zona Norte MAIOR NA REGiÃO: Câmara de Fernandópolis deve devolver aproximadamente R$ 1,5 milhão...

MAIOR NA REGiÃO: Câmara de Fernandópolis deve devolver aproximadamente R$ 1,5 milhão aos cofres públicos

programado para entrar nas próximas sessões do Legislativo de Fernandópolis, um reforço do mais bem vindo se anuncia: a devolução do duodécimo da Câmara aos cofres públicos.

Duodécimo financeiro corresponde às doze parcelas mensais que o governo destina para os órgãos públicos, neste caso a Câmara de Fernandópolis que no caso de economia pode fazer a “devolução” dos recursos que não forem utilizados no decorrer do exercício financeiro, porém, terá a obrigação de fazê-lo no seu término. Ou seja é a sobra de toda a verba não utilizada pelos vereadores

-- continua depois da publicidade --

Segundo a coluna Entrelinhas do Jornal O Extra, legislativos municipais de toda a região debruçam-se sobre calculadoras para quantificarem os valores que serão restituídos às Prefeituras. Eles provêm de sobras do duodécimo que mensalmente são repassados aos Parlamentos e que não foram gastos durante 2017.

Um dos mais valores mais altos a voltarem para os cofres públicos, senão o maior na região deve vir da Câmara de Fernandópolis.

Segundo o presidente Étore Baroni, o índice ainda não foi fechado, mas será dos mais altos da história.  Algo próximo a R$ 1,5 milhão Prudente e evitando expectativas que possam não corresponder ao número final, Baroni “chuta” que o valor possa beirar R$ 1,5 milhão.

Seria um recurso muitíssimo interessante para que o prefeito Pessuto possa utilizar em ações públicas de forma imediata e praticamente desvinculadas. Ainda não há data a devolução formal, mas já há a aprovação da maioria da população pela economia feita por Baroni e seus colegas de casa.

COMPARTILHE