Início Zona Norte LEGISLANDO Vereadores de Fernandópolis reúnem-se para dar fim as polêmicas de inicio...

LEGISLANDO Vereadores de Fernandópolis reúnem-se para dar fim as polêmicas de inicio de ano

Seguindo as prerrogativas discutidas no início do ano, os vereadores de Fernandópolis, em sessão extraordinária derrubaram o Projeto de Lei que sugeria o aumento de salário ao Prefeito Municipal e aos Secretários proposto por eles mesmos no ano passado. Os valores mantidos sem aumento em R$ 16.600,00, prefeito e vice e R$ 8.650,00 os secretários municipais.

MEIO TERMO

Também foi rejeitado o Projeto de Lei que regulamentava em 5% o valor dos Impostos sobre Serviços prestados por empresas na cidade (iSS), seguindo a tendência estadual. A equipe do Poder Executivo aguardava posicionamento do empresariado a fim de encontrar um valor condizente com a realidade financeira nacional e que não onera se nem os cofres públicos e nem a iniciativa privada empresariado. O reajuste ficou fixado em 3,5% por cento num consenso entre o poder público e os empresários da cidade.

-- continua depois da publicidade --

A cidade coleciona um deficit de R$ 52 milhões de impostos sem recolhimento, incluindo o ISS.

FUNCIONALISMO e 13ª

Os vereadores também aprovaram outra medida proposta pelo Poder Executivo que garante o acréscimo de R$120 em tickets de alimentação para os funcionários públicos municipais.

Outro projeto aprovado, foi a liberação do pedido de 13º para a classe política que o mesmo já havia sido garantida pelo Supremo Tribunal Federal ainda no ano passado.

PALAVRA DO PRESIDENTE

O presidente da Câmara Étore Baroni fez um breve resumo da sessão extraordinária realizada em Fernandópolis

RECOMEÇO DOS TRABALHOS OFICIAIS

Os vereadores de Fernandópolis retomam a pauta normal na próxima semana com mais uma polêmica no gatilho a redução dos próprios salários

COMPARTILHE