Início + Lidas Legislando: Corredores Comerciais; Responsabilidade em Obras; Quanto Custa a UPA?

Legislando: Corredores Comerciais; Responsabilidade em Obras; Quanto Custa a UPA?

A segunda sessão do mês de agosto girou praticamente em torno da Saúde e o ponto de ignição foi a Unidade de Pronto Atendimento e seus gastos. Num vai e vem sem nenhum tipo de dado concreto, apenas suposições de custos, vereadores discutiram sobre a devolução da unidade ao Governo, a aquisição do prédio e a volta da ajuda a Santa Casa. Os edis cobraram antes de mais nada a presença do novo gestor da Santa Casa de Fernandópolis na Câmara para uma sabatina sobre a quantas anda a irmandade a qual ninguém ainda sabe oque está ocorrendo

A sessão também marcou o pedido de João Pedro Siqueira de licença do mandato de vereador pelo período de trinta (30) dias, contados a partir de 01 de setembro de 2017. Em seu lugar entra o segundo suplente Julio “Barbeiro” Cebin.

-- continua depois da publicidade --
-- continua depois da publicidade --
-- continua depois da publicidade --

E a criação da Semana Municipal do Ciclismo em Fernandópolis, proposto e aprovado pelo vereador Cidinho de Souza

4Cantos destacou os principais pontos dessa sessão

E NAS OBRAS LOCAIS

de autoria do Vereador Murilo Martins Jacob Filho, requerendo do Prefeito Municipal, informações objetivando esclarecer qual a exigência do departamento competente da Prefeitura Municipal com relação ao responsável pela apresentação e responsabilização de projetos de edificações no município, se o arquiteto e urbanista pode assinar qualquer projeto de construção e reforma de edificações ou somente engenheiros podem ser responsáveis, informando quais as regras referentes ao assunto e quais são as exigências legais no âmbito municipal.

NINGUÉM SABE QUANTO CUSTA A UPA

O Vereador João Pedro da Silva Siqueira, quer informações sobre o custo de funcionamento da Unidade de Pronto Atendimento – UPA do município, detalhando as receitas e despesas mensais necessárias à manutenção do serviço, bem como encaminhando relatório analíticos das despesas mensais e, relação de todos e quaisquer valores recebidos dos Governos Estadual ou Federal destinados a sua manutenção, no período de janeiro a julho de 2017, discriminados mensalmente. Segundo o vereador, até o momento, entre todas as discussões sobre devolver a Upa ao governo do Estado, ninguém, até agora sabe qual o gasto mensal da unidade dá ao município

A VEZ DA SANTA CASA

A vereadora Maiza Rio, quer saber da Diretoria da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Fernandópolis, informações objetivando esclarecer quais os reais motivos da suspensão do atendimento do convênio do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (IAMSPE), bem como qual a razão da não regularização do atendimento aos seus usuários até a presente data, informando quais providências foram ou estão sendo tomadas para a solução definitiva do problema. Seguindo para o 3º mês suspenso, mais de 3000 pessoas estão sem poder contar com o atendimento do convenio dos professores. A falta de documentos que comprovam o pagamento de dívidas da unidade foi peça fundamental para cortar o benefício desses associados.

CORREDORES

Vereadora Neide Nunes Borges Garcia Gomes, quer saber se a atual Administração Municipal pretende implantar novos corredores comerciais na área urbana do município.  Os corredores são criados para ‘organizar’ as novas áreas comerciais, e o poder público ficaria responsável pelo controle urbano e o ordenamento do uso do solo, com ênfase ao combate às poluições sonoras, visual e do ar; favorecer o trânsito de pedestres na área e melhorias da circulação de veículos; otimizar o uso coletivo de estacionamento, bem como a ampliação de ofertas de vagas de empregos. Algumas empresas aguardam um posicionamento do Poder Público para continuarem operando sem correr o risco de serem multadas.

REPRISANDO

De autoria do Vereador Júlio César Alves de Carvalho, o Zarola, indicando providências no sentido de viabilizar a retirada de carros e carcaças abandonados nas vias públicas do município, seja pela própria Prefeitura Municipal ou por meio de notificação aos proprietários, aplicando as penalidades dispostas nas normas legais. Essa é a segunda vez que o vereador apresenta essa indicação.

ASFALTO

O Vereador Gilberto Vian, quer informações por meio de encaminhamento, de relação nominal de todas as vias públicas que constam do cronograma de obras da Prefeitura Municipal, para receberem benfeitorias de recapeamento e pavimentação asfáltica neste exercício de 2017.

 

 

COMPARTILHE