Início Zona Sul Garota ”batiza” bebida com remédios e serve aos colegas em escola de...

Garota ”batiza” bebida com remédios e serve aos colegas em escola de Fernandópolis

Uma suposta brincadeira quase colocou em risco a vida de cinco estudantes do ensino médio de Fernandópolis na manhã desta quinta-feira (16). Segundo informações elas ingeriram uma bebida oferecida por outra colega repleta de analgésicos e ansioliticos.

 

-- continua depois da publicidade --

Segundo informações de familiares, uma das alunas do terceiro ano da Escola Afonso Cáfaro conseguiu adentrar o local munida de uma garrafa contendo um suco, o qual ofereceu aos amigos logo no início das aulas.

Cinco deles consumiram alguns goles da bebida e minutos depois começaram a apresentar sintomas embriaguez, tontura, fala pastosa e vômitos, o que chamou atenção dos docentes. O caso foi parar na direção do colégio enquanto as alunas foram encaminhadas até a unidade de Pronto Atendimento para serem medicados

Durante toda movimentação de professores e da direção, uma das alunas confessou que havia colocado algumas gotas de Dipirona e alguns comprimidos de Rivotril na bebida. A garota alega que era para consumo próprio pois o mix de remédios lhe garantia a “energia” para as aulas.  Já as vítimas, uma vez passado os efeitos, dizem que a bebida foi oferecida pela garota logo na entrada da aula e nada foi dito sobre os remédios.

Um boletim de ocorrência coletivo foi lavrado e a escola deve pedir análise da bebida para saber quais substâncias estão presentes ali.  Já os familiares das vítimas disseram a reportagem que acompanharão durante 48 horas o estado de saúde daqueles que ingeriram a bebida por medo de mais algum efeito colateral das substâncias se manifeste.

A garota que ofereceu suco aos demais recebeu um dia de suspensão na escola e o corpo docente e os familiares deve estudar providências sobre a conduta da aluna juntamente com seus responsáveis.

As vitimas passam bem. Segundo médicos, a ingestão de Rivotril em excesso pode causar confusão mental, dormência, falta de reflexos e coma.

COMPARTILHE