Início Saladera ELAS São Incriveis! 7 superpoderes femininos cientificamente comprovados

ELAS São Incriveis! 7 superpoderes femininos cientificamente comprovados

Taxadas de sexo frágil, vulneráveis, fracas, dependentes… Há muito o que precisa ser conhecido a respeito das mulheres. Desde donas de casa, mães, empresárias e até mesmo presidentes, o sexo feminino tem se superado cada vez mais. Donas de sua própria vida, independência e sexualidade, elas tem mostrado cada vez mais que seu lado frágil é muito mais forte do que pensam.

Pensando nisso, fomos atrás de motivos cientificamente comprovados que mostram que as mulheres têm sim superpoderes e assim como os homens, tem suas áreas de melhor atuação, e essas áreas não passam nem perto de ser na cozinha ou no fogão. Confira:

7 – Reconhecem traidores à primeira vista

-- continua depois da publicidade --
-- continua depois da publicidade --
-- continua depois da publicidade --

play boy

Ao que tudo indica, as mulheres tem o superpoder de identificar cafajestes a distância, só pelo olhar. Pois bem, homens, fiquem espertos, pois esse “superpoder” é comprovado cientificamente. Um teste feito por uma universidade australiana reuniu 34 mulheres de diferentes idades e comportamentos para analisar fotografias de diversos homens e dizer se eles eram infiéis ou não. No fim do teste, olhando apenas as fotos, as mulheres acertaram em 62% das vezes. Aparentemente, as ladys basearam suas conclusões no quão masculinos os homens eram. E, ao que tudo indica, esses homens viris, de fato, eram os que eram ou já foram infiéis com suas parceiras.

Já quando o teste foi feito com os homens, houve uma média de 28%, apenas. Cientistas afirmam que as mulheres podem ter desenvolvidos essa habilidade, porque, historicamente, tinham muito mais a perder com a infidelidade dos homens do que o contrário. Pois, a mulher corria o risco de perder o sustento dos filhos (e o seu próprio) para outra mulher com a perda do marido. Isso, claro, nos tempo antigos.

6 – Percebem mais cores

cores0

De acordo com cientistas, as mulheres são mais propensas a enxergar mais cores que os homens. Por isso, mulheres, quando vocês pedem para seus respectivos maridos para lhe trazerem a blusa bege clara e ele trás a cor de champagne, não é bem culpa dele.

Estudos feitos ao longo dos anos sobre a visão humana concluíram que os homens são melhores em perceber movimentações em sua linha de visão, enquanto as mulheres dominam melhor a habilidade de perceber sutis diferenças entre diversos objetos. Essas habilidades também são explicadas através da história, pois as mulheres precisam escolher com cuidado a vegetação comestível, enquanto os homens precisavam caçar a comida.

5 – O enjoo matinal salva vidas

enjoo-matinal-gravidez-vomito-bulimia-disfuncao-alimentar-intoxicacao-alimentar-1406677647517_956x500

O famoso enjoo matinal das grávidas é capaz de salvar vidas. Pois o mal-estar pela manhã é responsável por proteger a futura mãe e o bebê de toxinas e parasitas que podem ser prejudiciais para ambos. Essas toxinas podem ser encontradas em carnes, frutos do mar e produtos avícolas. Os riscos que esses produtos causam na vida do feto duram especialmente nas primeiras semanas de gravidez, quando o bebê está mais vulnerável.

Além disso, é comprovado que, mulheres que tem crises de enjoo mais graves, com vômitos frequentes são as menos propensas a ter abortos espontâneos. Historicamente falando, esse fato garantiu a sobrevivência saudável dos humanos.

4 – Estresse as torna mais empáticas

amigas

Diferente dos homens, as mulheres parecem se dar bem com o estresse e não “piram” por datas ou a fatura da cartão de crédito. Segundo um estudo de 2014, as mulheres sob alto nível de estresse têm tendencias a se aproximar mais das outras pessoas, enquanto os homens perdem a paciência com facilidade, se tornam mais egoístas e perdem a capacidade de compreender as outras pessoas que estão ao seu redor.

Existem duas possíveis explicações para o porquê de as mulheres lidarem melhor com o estresse do que os homens. A primeira delas é que as mulheres têm mais facilidade de procurar a ajuda de terceiros em momentos de tensão e essa prática é mais socialmente aceita para elas do que para os homens, que buscam resolver seus problemas de forma independente. Outro fator que pode influenciar nesse comportamento são os hormônios femininos, que produzem altos níveis de oxitocina.

3 – Sistemas imunológicos mais fortes

221647bfdc7e332ed17dd4c93d2f1f9c-236x300

Segundo cientistas da Universidade da Bélgica, o cromossomo X extra permite que as mulheres tenham mais microRNA, um agente que fortalece o sistema imunológico e inibe o crescimento de cânceres. Além disso, o estrogênio impede a criação da enzima responsável por interferir no processo inflamatório, enquanto a testosterona tem ligações a uma resposta imunitária reduzida, tornando os homens mais vulneráveis a doenças infecciosas. Ou seja, aquela história de “sexo frágil” já está mais que ultrapassada, já que é cientificamente comprovado que as mulheres tem o sistema imunológico mais resistente do que os homens. Isso sem contar, é claro, naquele drama masculino, não é verdade? Mas deixemos esse assunto para lá.

Outro estudo da Universidade de Tóquio descobriu que o sistema imunológico dos homens envelhece mais rápido do que o das mulheres, o que torna as senhorinhas muito mais resistentes, o que explica o fato de as mulheres viverem mais que os homens.

2 – Melhor senso de perigo

Stalking

De um modo geral, as mulheres são mais cuidadosas e mais atenciosas com seus bens. Segundo uma pesquisa da Universidade de Quioto, as mulheres desenvolvem esse cuidado muito antes da chegada dos filhos. Os pesquisadores desconfiam que o aumento dos níveis de progesterona, juntamente com hormônios como o cortisol e estradiol, que tem maior eminência durante a fase lútea (dias após a ovulação), o que poderia desempenhar um papel fundamental no aumento da ansiedade de uma mulher e das capacidades de detecção de perigo. Como esta é a fase em que uma mulher poderia estar grávida sem saber, seria natural que seu corpo evoluísse para se proteger durante este período.

1 – Mestres das multitarefas

1303

Experimentos realizados em 2013 comprovaram que as mulheres realmente são superiores quando o assunto são as multitarefas. Durante o teste foi pedido para que homens e mulheres diferentes tarefas no computador, algo como reconhecer formas, contar e montar. Ambos os grupos conseguiram realizar as atividades com rapidez, porém, quando as atividades exigiam que fossem rapidamente alternadas, os homens as executavam muito mais lentamente do que as mulheres.

Em outro experimento realizado pelos pesquisadores, os grupos tiveram que realizar tarefas espaciais, o exercício englobava encontrar o restaurante mais próximo em um mapa, enquanto procuravam uma chave perdida e falavam ao telefone. Isso tudo respondendo a algumas perguntas simples de matemática. Aos grupos foi estipulado o tempo de 8 minutos para que conseguissem realizar todas as tarefas. Advinha quem se saiu melhor? Pois bem, enquanto a maioria das mulheres conseguiu fazer tudo isso sem muito esforço, os homens se mostraram muito mais desorganizados e perdidos em meio as tarefas.

A pesquisa abriu caminho para outras perguntas. Porque os homens são bons em desempenhar multitarefas, porém, tudo indica que, depende dessas multitarefas. As mulheres levam mais vantagem em algumas áreas e o mesmo acontece com os homens, ou seja, ambos evoluíram para atuar em diferentes capacidades, dividindo as tarefas necessárias para a sobrevivência dos sexos.

 

Fonte: Fatos Desconhecidos

COMPARTILHE