Início Zona Leste DISTRITO INDUSTRIAL VI: Prefeitura de Fernandópolis abre caminho para investimento de empresas

DISTRITO INDUSTRIAL VI: Prefeitura de Fernandópolis abre caminho para investimento de empresas

O local foi cercado de debates constantes na última administração. uma grande área e um possível berçário para novas empresas e industrias apara a cidade e consequentemente, empregos.

Parece que a coisa começou. A visita do Governador do Estado garantindo o acesso nos terrenos já prontos deve iniciar a nova saga em busca de empresas e investimentos

-- continua depois da publicidade --
-- continua depois da publicidade --
-- continua depois da publicidade --

A Prefeitura de Fernandópolis vai economizar mais de R$ 450 mil na realização do serviço de terraplanagem para o prolongamento da marginal Litério Grecco, que vai ligar o viaduto “Pedro Pezatti”, na rodovia Euclides da Cunha, ao início do VI Distrito Industrial, na rodovia Euclides da Cunha, sentido Meridiano.

As obras no local foram iniciadas nesta semana e devem durar cerca de um mês. Depois, cabe à empresa vencedora da licitação, Construtora Vilarinho, a pavimentação do local, um investimento de R$ 984.305,14.

“Um financiamento de R$2 milhões junto ao programa Desenvolve São Paulo, do Governo Estadual, para realizar a infraestrutura deste novo Distrito Industrial, que terá uma área de 237.290,81 m² já está definido”, explicou o secretário de Obras, Arthur Höppner. Com este recurso, a Prefeitura fará a pavimentação da área interna do VI Distrito, instalação de galeria de águas pluviais, galerias, iluminação, água e esgoto.

COMUNICAÇÃO

Pessuto também fez questão de pedir  outro estudo da área no que se refere as linhas de comunicação e cobertura de internet. “Realmente não dá para deixarmos tudo pronto para recebermos novas empresas se a área não tem cobertura de comunicação”.

Vindo do Poder Executivo o projeto de autoria do Prefeito Municipal foi aprovado por unanimidade e dispõe sobre a instalação de antenas transmissoras de rádio, televisão, telefonia celular, telecomunicações em geral e outras antenas transmissoras de radiação eletromagnética no município de Fernandópolis e dá outras providências. Com o projeto aprovado a prefeitura poderá liberar a instalação ( mediante a concessões e respeitando leis ambientais) de antenas de comunicação para melhoria dos sinais, principalmente no que diz respeito as áreas periféricas e os distritos Industriais

“Todo este serviço que estamos realizando agora é fundamental para que seja possível oferecer um local adequado para que empresas e indústrias invistam em nossa cidade. É necessário garantir um local adequado para a instalação de novos empreendimentos”, destacou o prefeito André Pessuto.

COMPARTILHE