Início Saladera Depois desse post você vai pensar 1000 vezes antes de roer as...

Depois desse post você vai pensar 1000 vezes antes de roer as unhas

Existem todos tipos de germes nas suas unhas.

As ponta dos dedos são ninhos de sujeira e abrigam vários tipos de bactérias, fungos e LEVEDURAS (eca). Um germe comum encontrado sob as unhas é o Staphlococcus aureus, que pode causar uma série de infecções de pele como furúnculos e abscessos. Uhmm, abcessos dentários, imagina que legal.
As ponta dos dedos são ninhos de sujeira e abrigam vários tipos de bactérias, fungos e LEVEDURAS (eca). Um germe comum encontrado sob as unhas é o Staphlococcus aureus, que pode causar uma série de infecções de pele como furúnculos e abscessos. Uhmm, abcessos dentários, imagina que legal.

2. E quando você chupa ou mastiga seus dedos, eles ficam ainda mais atraentes para as bactérias.

Em 2007, cientistas turcos testaram 59 pessoas para ver se roer as unhas teria qualquer efeito real no transporte de bactérias para a boca. Eles examinaram a saliva de cada pessoa para verificar a presença de bactérias que causam diarreia e vômitos, como a Escherichia coli e muitas outras. E adivinhem? Setenta e seis por cento das pessoas que roeram as unhas tiveram o teste positivo, em comparação com apenas 26,5% dos que não roeram. Por isso, se você não quer passar a metade da sua vida com diarreia, é melhor tirar os dedos da sua boca o quanto antes.

britneyspearsgifs.tumblr.com

Em 2007, cientistas turcos testaram 59 pessoas para ver se roer as unhas teria qualquer efeito real no transporte de bactérias para a boca. Eles examinaram a saliva de cada pessoa para verificar a presença de bactérias que causam diarreia e vômitos, como a Escherichia coli e muitas outras. E adivinhem? Setenta e seis por cento das pessoas que roeram as unhas tiveram o teste positivo, em comparação com apenas 26,5% dos que não roeram. Por isso, se você não quer passar a metade da sua vida com diarreia, é melhor tirar os dedos da sua boca o quanto antes.

3. Se você rói as suas unhas, é provável que já esteja causando danos aos seus dentes.

instagram.com

Quem diria que isso poderia causar tanto estrago? Mas já houve casos em que o hábito de roer as unhas resultou em dentes quebrados e mandíbulas deslocadas (além da perda de dentes).

4. Roer os dentes deixa você mais propenso a ranger os molares até desgastá-los durante a noite.

instagram.com

-- continua depois da publicidade --

Roer unhas pode ser uma reação nervosa, então se você está roendo as unhas regularmente, a probabilidade é que também esteja rangendo os dentes durante a noite. “As pessoas que rangem os dentes estão frequentemente estressadas”, diz Adam Roberts, professor do departamento de doenças microbianas da University College London, “então podem ter outros fatores que afetam os dentes, como o bruxismo.”

Se você já tem dentes fracos, arrancar pedaços da unha com os dentes da frente pode causar lascas dentais. E, sim, ranger os dentes também pode CAUSAR QUEDA DE DENTES.

5. Se você usa aparelho, os riscos podem ser ainda maiores.

Akram, professora clínica de ortodontia na Universidade de Bristol, explicou ao BuzzFeed que pessoas que usam aparelho e que roem as unhas estão navegando em águas particularmente perigosas. Não apenas o hábito pode quebrar o aparelho, mas também pode causar ou aumentar a reabsorção radicular em dentes passando por tratamento ortodôntico. Isso significa que as células do seu corpo começam a CONSUMIR A SI MESMAS e dissolver a estrutura do dente.

Netflix / orangeitnblack.tumblr.com

Akram, professora clínica de ortodontia na Universidade de Bristol, explicou ao BuzzFeed que pessoas que usam aparelho e que roem as unhas estão navegando em águas particularmente perigosas. Não apenas o hábito pode quebrar o aparelho, mas também pode causar ou aumentar a reabsorção radicular em dentes passando por tratamento ortodôntico. Isso significa que as células do seu corpo começam a CONSUMIR A SI MESMAS e dissolver a estrutura do dente.

6. Roer unhas pode machucar sua gengiva.

Roer as unhas pode causar um monte de traumas – isso mesmo, TRAUMAS – para suas gengivas. Um caso de estudo particularmente horrível mencionado em um relatório da doutora Carlene B. Krejci menciona uma criança que sofria de inchaço gengival sob um de seus dentes após anos enfiando unhas meio comidas sob o tecido gengival do seu dente. No fim das contas, haviam SEIS FRAGMENTOS DE UNHAS PRESOS DEBAIXO DO SEU DENTE.

Warner Bros. Pictures / Via mavieserasibelle.tumblr.com

Roer as unhas pode causar um monte de traumas – isso mesmo, TRAUMAS – para suas gengivas. Um caso de estudo particularmente horrível mencionado em um relatório da doutora Carlene B. Krejci menciona uma criança que sofria de inchaço gengival sob um de seus dentes após anos enfiando unhas meio comidas sob o tecido gengival do seu dente. No fim das contas, haviam SEIS FRAGMENTOS DE UNHAS PRESOS DEBAIXO DO SEU DENTE.

7. Roer as unhas também pode te deixar com bafo.

O mesmo estudo mostrou que pessoas que roem as unhas estão mais propensas a ter halitose. Existem muitas bactérias vivendo na sua boca, e a maioria delas deveria mesmo estar lá, mas se você continuar colocando os dedos na boca, levará germes que não são bem-vindos.

Universal-International / Via rhetthammersmithhorror.tumblr.com

O mesmo estudo mostrou que pessoas que roem as unhas estão mais propensas a ter halitose. Existem muitas bactérias vivendo na sua boca, e a maioria delas deveria mesmo estar lá, mas se você continuar colocando os dedos na boca, levará germes que não são bem-vindos.

8. As pontas de seus dedos podem virar poços de pus.

Roer as unhas muitas vezes também significa comer as "pelinhas" que ficam ao redor delas. E se isso pode parecer uma ótima maneira de passar o tempo, ter paroníquia infecciosa aguda não é. Ela é causada pela bactéria Staphylococcus aureus ao entrar em pequenas feridas abertas e resulta em bolhas de pus ao redor das unhas. Basicamente é como herpes de unha, que é causado por um vírus. Essa infecção oide ser curada com remédio, mas às vezes precisa ser drenada cirurgicamente. :O

commons.wikimedia.org

Roer as unhas muitas vezes também significa comer as “pelinhas” que ficam ao redor delas. E se isso pode parecer uma ótima maneira de passar o tempo, ter paroníquia infecciosa aguda não é. Ela é causada pela bactéria Staphylococcus aureus ao entrar em pequenas feridas abertas e resulta em bolhas de pus ao redor das unhas. Basicamente é como herpes de unha, que é causado por um vírus. Essa infecção oide ser curada com remédio, mas às vezes precisa ser drenada cirurgicamente. :O

9. Roer as unhas pode causar DSTs na boca. POIS É.

Acontece que esse hábito horrível pode até TE DAR HERPES. É bem raro, mas já houve casos nos quais DSTs resultaram em lesões orais (bolhas labiais) graças à transferência de bactérias dos dedos para a boca.

commons.wikimedia.org

Acontece que esse hábito horrível pode até TE DAR HERPES. É bem raro, mas já houve casos nos quais DSTs resultaram em lesões orais (bolhas labiais) graças à transferência de bactérias dos dedos para a boca.

10. Esmaltes são quase um veneno e não devem ser comidos.

instagram.com

Muitos esmaltes contém formaldeído – substância usada para embalsamar cadáveres. Um estudo de Yale comandado por David Katz colocou algodões sob as unhas de diferentes alunos e, após três dias, aqueles que usavam base ou esmalte tinham menos crescimento de bactérias. Então, claro, o esmalte é útil para reduzir a quantidade de parasitas que você leva debaixo da unha, mas você realmente não deveria botar isso na boca.

11. E finalmente, as unhas podem PARAR DE CRESCER.

Roer cronicamente as unhas pode danificar a pele debaixo delas. Quando exposta, esta parte pode levar ao encurtamento irreversível das unhas. Em outras palavras, dependendo do quanto você roer as unhas e deixar a pele exposta, as unhas podem nunca mais voltar ao que eram antes.

en.wikipedia.org

Roer cronicamente as unhas pode danificar a pele debaixo delas. Quando exposta, esta parte pode levar ao encurtamento irreversível das unhas. Em outras palavras, dependendo do quanto você roer as unhas e deixar a pele exposta, as unhas podem nunca mais voltar ao que eram antes.

Fonte:

COMPARTILHE