Início Zona Sul Crime encomendado para matar empresaria de Fernandópolis custou R$ 25 mil

Crime encomendado para matar empresaria de Fernandópolis custou R$ 25 mil

Um homem de 25 anos, foi preso por agentes da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e Seccional de Polícia de Fernandópolis nesta semana, na cidade de Maringá/PR. Ele é o quinto envolvido na tentativa de homicídio contra a empresária R.C.F. O crime ocorreu no dia 16 de outubro, na Avenida Eladia Esser, Parque Universitário, zona sul de Fernandópolis. As prisões de outros quatro homens já haviam sido efetuadas durante ação conjunta das Polícias Civil do Mato Grosso e de São Paulo em 6 de novembro, nas cidades de Olímpia/SP, Rondonópolis/MT e São José dos Quatro Marcos/MT. O crime foi registrado pela DIG como tentativa de homicídio qualificado/feminicídio.

As informações são do jornal O Extra

RELEMBRE O CASO

-- continua depois da publicidade --

O crime teria sido encomendado pelo agropecuarista Celso Teixeira, 69  para matar a própria ex-mulher moradora de Fernandópolis, Rosângela Fréo em outubro desse ano, após uma tentativa de emboscada no bairro Jardim Universitário.

Rogério foi preso em São José do Quatro Marcos e teria contratado Anderson e Ronilson para executarem o serviço, que também foram presos na cidade de Rondonópolis, com apoio das equipes do GARRA, DERF e DHPP, sendo investigados como autores diretos da ação criminosa e que efetuaram os disparos contra a vítima.

Os três foram encaminhados ao Presídio de Mata Grande em Rodonópolis e ficarão à disposição da Justiça.

O CASO

Segundo os autos da polícia, Rosângela teria ido mostrar uma casa para uma pessoa interessada no imóvel do qual era proprietária e já dentro da residência teria sido agredida pelo indivíduo e entrado em luta corporal com ele. Após dar uma mordida na pessoa, esta teria saído correndo do local. A mulher teria ido atrás e encontrado o sujeito próximo de um carro preto, onde este teria pegado uma arma e disparado contra a caminhonete Hilux que a mulher estava dirigindo. Ferida, ela procurou ajuda em uma academia na avenida dos Arnaldos, mas visualizou uma viatura da polícia civil que passava pelo local, sendo socorrida até o Pronto Socorro da Santa Casa de Fernandópolis.

LEIA MAIS

SUSPEITOS: Policia prende ex-vereador e pistoleiros acusados de emboscar mulher em Fernandópolis

 

COMPARTILHE