Início Zona Oeste Com apoio das universidades, sai a UPA e entra o Centro Integrado...

Com apoio das universidades, sai a UPA e entra o Centro Integrado de Saúde de Fernandópolis

Com o provável fechamento da Unidade de Pronto Atendimento, o prefeito André Pessuto pretende fazer com que o prédio, que pertence atualmente ao Governo Federal, passe para a Prefeitura de Fernandópolis. Porém a ideia de “fechar” a unidade não será da maneira como está sendo pregada por ai. Haverá uma transformação e ainda sim mantida como uma unidade de atendimento a Saúde.

“O prédio foi construído com recurso federal, mas é bancado, quase que na sua totalidade, pela Prefeitura”, afirma. A proposta de André é realizar uma parceria com as faculdades do município, UniBrasil e Fundação Educacional de Fernandópolis (FEF), para instalar uma espécie de Centro Integrado de Saúde.

-- continua depois da publicidade --
-- continua depois da publicidade --
-- continua depois da publicidade --

Segundo ele, a medida tem a intenção de reduzir os custos da UPA e destinar parte da verba para a Santa Casa.

OUÇA:

 DISPENSA DE FUNCIONÁRIOS

O anúncio do provável fechamento repercutiu, deixando preocupados os funcionários que atualmente trabalham na unidade. De acordo com o vice-prefeito, Gustavo Pinato, não existe motivo para preocupação, pois a possibilidade de exoneração está descartada. “Nenhum funcionário municipal da UPA será dispensado, todos serão remanejados para outros setores”, garantiu.

PLANO ELEITOREIRO

naugurada no cerne da disputa eleitoral, a UPA de Fernandópolis veio com a promessa de apoio a Santa Casa, cujas despesas com o Pronto Socorro estavam enforcando ainda mais os cofres públicos.

Pois bem, 12 meses após sua inauguração a Upa de Fernandópolis já coleciona algumas críticas e que antes que se tornem definitivamente uma bomba no colo da nova administração

Com informações : O Jornal Extra

COMPARTILHE