Início PARABÓLICA PARABÓLICA – Seu Resumo semanal de noticias de Fernandópolis e região –...

PARABÓLICA – Seu Resumo semanal de noticias de Fernandópolis e região – De 25 de Setembro à 01 de Outubro – 2017

REPERCUTIU

A transformação do atual Terminal Rodoviário de Fernandópolis em Paço Municipal deve custar ao município cerca de R$ 5 milhões. O projeto de Lei que autoriza o Executivo a firmar convênio com a Caixa Econômica Federal foi aprovado em sessão extraordinária realizada na última semana.

A NOVA RODOVIÁRIA

O primeiro projeto cuja documentação deve sair nas próximas semanas é a proposta da nova rodoviária Pessuto explicou que devido ao déficit registrado no Iprem. A ideia é vender o imóvel do Paço Municipal e transferir as locações para onde hoje funciona o Terminal Rodoviário, um espaço amplo para aglutinar as secretarias. Uma nova rodoviária mais compacta e com diversos serviços a serem explorados, desde uma praça de alimentação, mini shopping e boxes comerciais ficariam sob a concessão da iniciativa privada.

LIDERANDO

-- continua depois da publicidade --

Fernandópolis, que desde o início do ano desenvolve um amplo trabalho e projetos em prol ao meio ambiente, foi destaque em mais uma pré-certificação com expressiva vantagem entre os demais 644 municípios que também concorrem ao selo. Fernandópolis que conquistou, pela segunda vez consecutiva, a liderança do ranking  “Selo Município Verde Azul”, com 89,47 pontos.

DISPUTA PESADA

Apesar da vantagem obtida nas duas pré-certificações, o secretário do Meio Ambiente Angelo Veiga prevê uma disputa ferrenha para o ranking ambiental que será divulgado em dezembro. “Cidades que tradicionalmente estão bem posicionadas no ranking reagiram após a primeira certificação e a disputa será apertada”, prevê o secretário.

SUMIU?

O médico fernandopolense Bibiano Alcantara da Silva Lavezzo, que estava desaparecido desde o último dia 22 de setembro, foi encontrado no inicio da última semana, em Votuporanga. Bibiano, que atua na cidade de Jales, sumiu juntamente com seu veículo, uma Saveiro há mais de uma semana .Familiares chegaram a registrar um boletim de ocorrência e as redes sociais enlouqueceram em busca do rapaz. Os motivos do sumiço do médico não foram divulgados.

EM MEIO A DOR

Deve sair nas próximas semanas o laudo da morte da estudante Livia Carla Marchiori, de 13 anos, que estudava na Escola Estadual Armelindo Ferrari, no Bairro Coester, zona leste de Fernandópolis.  S estudante do 8º ano do Ensino Fundamental morreu na última semana, após passar mal ainda no interior da instituição de ensino. Na ocasião, a jovem foi socorrida primeiramente por funcionários da escola. Posteriormente, por uma unidade do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

ROTA CAIPIRA DO TRÁFICO

De janeiro do ano passado até setembro deste ano, a polícia apreendeu 21,7 toneladas de maconha nas estradas da região, o equivalente a uma tonelada por mês, em média. Os dados são das polícias rodoviárias Federal e Estadual e da Polícia Federal de Jales. As estradas da região fazem parte da rota caipira do tráfico de drogas, usada por quadrilhas de traficantes para mandar a droga, que entra no País pelo Mato Grosso do Sul, para o estado São Paulo.

POLICIA DERRUBANDO ESQUEMAS

Só na última semana duas grandes apreensões ocorreram na região. Em Rio Preto, um Ford Fiesta foi pego carregado com 597 quilos de maconha, quando passava pela BR-153. Sete horas depois, um carro foi apreendido em Estrela d’Oeste, carregado com 708,2 quilos de maconha e mais 49,9 kg de pasta base para cocaína.  Neste ano, em menos de nove meses, já foram 10.817 quilos de maconha apreendidos, enquanto em todo o ano passado foram 10.882 quilos do entorpecente, o que demonstra crescimento das apreensões.

DESTINO DE ANA BIM

A Câmara Municipal de Fernandópolis confirmou que o decreto legislativo que trata da rejeição das contas da ex-prefeita Ana Bim será colocado em votação na sessão de amanhã. Ana Bim foi notificada e poderá usar a tribuna para a defesa. Desde 2016 a ex-prefeita luta para tentar reverter o parecer do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, mas perdeu no julgamento do Tribunal Pleno que considerou as razões apresentadas por Ana Bim como “insuficientes para modificar a situação desfavorável dos autos”. Ela sofreu nova derrota em agosto quando foi ao tribunal para pedir o reexame das contas.

A EX PREFEITA AINDA NO PÁREO POLITICO

Bim afirmou ainda que discorda do acórdão do TCE, e ainda afirmou também que a reprovação ou não de suas contas na Câmara não interfere em seus direitos políticos, já que os motivos que ensejaram a rejeição não incidem em nenhuma das causas de inelegibilidade previstas na legislação eleitoral.

GRANA PARA A CIDADE

O que também segue em análise no Palácio 22 de Maio é o projeto do orçamento do município de Fernandópolis para 2018, que estima receita e fixa despesa em R$ 223,1 milhões, valor 12% maior que o deste ano que é de R$ 199 milhões. Desse montante, R$ 5,8 milhões é o orçamento do Legislativo e R$ 31,7 milhões do Instituto de Previdência Municipal (Iprem). É a primeira peça orçamentaria elaborada pela equipe do prefeito André Pessuto.

SEM GRANA

Com orçamentos abaixo de R$ 1 milhão estão as secretarias de Agricultura, Recursos Humanos, Cultura, Esporte e Lazer, Desenvolvimento Sustentável, Trânsito, Meio Ambiente, Assuntos Jurídicos e Chefia de Gabinete. Do montante da receita prevista a folha de salários representa mais de 50% do orçamento.

 

 

 

 

 

COMPARTILHE